terça-feira, 26 de agosto de 2014

Caminhos

Gosto muito de meditar na letra da música Caminhos interpretada por minha amiga e colega Isabel Cristina. A letra fala muito pra mim:

 "Meus pés descalços marcam por onde andei Em cada ferida, um tropeço eu vivi Todas fechadas, marcas passadas O chão é macio, quando estás frente a mim"


Eu não sei se a maioria dos fibromiálgicos sentem  o mesmo. Quando estou em crise de dor, tenho dificuldade em caminhar e subir escadas para mim é um sacrifício tremendo. As pisadas se tornam cansadas e tudo que piso causa dor.

Na frase, ela fala que o chão se torna macio quando nosso Criador e amigo está conosco.

"Caminhando, prosseguindo
Eu não vou parar
Pois meus passos me levam pra mais perto de chegar
Se eu cair não irei desanimar, pois eu sei que estás aqui
Me amparando em minha jornada"

Hoje, após um dia intenso de dor e com fadiga crônica intensa, dormindo e acordando muito cansado, acredito que será um novo dia (eu sempre acredito) e torço para que Deus me conceda forças e ânimo para chegar ao final da tarde intacto e alegre.

Fotos: Robélyo Alves/Jardim Botânico/Goiânia/GO



Nenhum comentário:

Páginas

Quem sou eu

Minha foto

Sou uma pessoa muito simples mas gosto de ser feliz e fazer quem me acompanha, sorrir muito e ser feliz. Driblo há 36 anos uma luta diária contra as dores da fibromialgia mas isso não me impede de sorrir, lutar e lutar.
Imagine um portador de fibro de cara amarrada os 7 dias na semana? por isso me esforço muito e amarro apenas as segundas e sextas-feiras hehehe.